13 AGO 2014: IX Fórum Instituto Acende Brasil: Papel das Termelétricas na Matriz Elétrica Brasileira

 

Clique aqui para baixar a apresentação

Objetivos:

  • Debater o papel da geração termelétrica na matriz elétrica brasileira;
  • Analisar os atributos da geração termelétrica: qualidade; segurança no suprimento; flexibilidade; despachabilidade e complementariedade;
  • Discutir o papel e o potencial de diferentes fontes de energia para termelétricas: gás natural, carvão mineral, óleo combustível, óleo diesel; biomassa (bagaço de cana, madeira e resíduos) e nuclear;
  • Propor critérios para a participação isonômica de fontes de geração termelétrica nos leilões de energia;
  • Discutir as propostas de alteração da Constituição para permitir a participação da iniciativa privada na geração termonuclear.

 

O papel das termelétricas na matriz elétrica brasileira é tema de debate no Rio de Janeiro

O Brasil é um país privilegiado em fontes para gerar eletricidade. São utilizadas as fontes hidráulica, eólica, solar e diferentes combustíveis em termelétricas. Segundo o Balanço Energético Nacional 2014, as termelétricas representaram 28,3% na oferta de energia elétrica em 2013.

Assim como acontece com todas as fontes de energia utilizadas para gerar eletricidade, as termelétricas também provocam impactos ambientais. Em períodos de seca, como o que estamos passando, o despacho necessário de termeletricidade para garantir o atendimento da demanda respondeu pela emissão de 48,5 milhões de toneladas de CO2, o equivalente a 3,3% das emissões brasileiras de GEEs.

No entanto, por ser uma fonte flexível e altamente despachável, a termeletricidade não deveria ser analisada com lentes mais amplas e que vão além do foco nas emissões? Será que o Brasil pode abrir mão de suas termelétricas?

O papel das termelétricas na matriz elétrica brasileira é o tema do IX Fórum Instituto Acende Brasil, que acontece no dia 13 de agosto de 2014, no Rio de Janeiro - RJ. 

Autoridades do governo, especialistas do setor elétrico, professores universitários e representantes da sociedade civil organizada debatem o papel das termelétricas no Brasil e o potencial das diferentes fontes de energia.

O objetivo do IX Fórum é avaliar a participação ideal de termelétricas na matriz elétrica brasileira; discutir se são válidos os mecanismos de compensação de emissões de GEEs propostos pelos órgãos estaduais de licenciamento; propor critérios para a participação das termelétricas que considerem a localização, os custos da transmissão e o uso das termelétricas na base ou na ponta da demanda de energia; e avaliar a necessidade e as etapas para a ampliação da participação nuclear na matriz elétrica brasileira.

O Instituto Acende Brasil, Observatório do Setor Elétrico Brasileiro, organiza e promove este evento.

IX Fórum Instituto Acende Brasil "Papel das Termelétricas na Matriz Elétrica Brasileira"

Local: Auditório da Bolsa de Valores – Rio de Janeiro – RJ
Endereço: Praça XV de Novembro, 15
Data: 13 de agosto de 2014
Inscrições gratuitas
Informações com Melissa de Oliveira
(11) 3704-7733 – melissa.oliveira@acendebrasil.com.br
www.acendebrasil.com.br

 

Programação:

8h30 – Credenciamento
9h00 – Debate
10h30 – Intervalo
11h00 – Debate
13h00 – Encerramento

 

Moderadores:

Claudio Sales e Alexandre Uhlig
Instituto Acende Brasil

Debatedores:

Carlos Alberto de Carvalho Afonso
Diretor Financeiro da UTE Norte Fluminense

Edmilson Moutinho dos Santos
Professor do Instituto de Energia e Ambiente da USP

Hélio Gurgel Cavalcanti
Presidente da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema)

Hermes Chipp
Diretor do Operador Nacional do Sistema (ONS)

Ricardo Baitelo
Coordenador de Clima e Energia do Greenpeace

INSTITUTO ACENDE BRASIL

SÃO PAULO

Rua Joaquim Floriano, 466
Edifício Corporate, Cj. 501 - 5º Andar
CEP 04534-004, Itaim Bibi
São Paulo, SP, Brasil
Telefone: +55 (11) 3704-7733
© 2013, Instituto Acende Brasil